Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Selecção r e k

Selecção r e k

A importância do Azoto para a vida

O azoto é essencial para a vida, mas apesar de constituir cerca de 78% da atmosfera, encontra-se numa forma que não pode ser utilizada pelos organismos vivos. À um século atrás, dois químicos alemães, Fritz Haber e Carl Bosch, descobriram como quebrar este azoto atmosférico (N2) e converteram-no em amoníaco (NH3), conseguindo assim criar um fertilizante rico em azoto e  que pode ser absorvido e utilizado pelos microrganismos e pelas plantas. Esse processo, tem sido tão bem sucedido que os adubos à base de amoníaco, permitem que os agricultores possam alimentar mais pessoas do que o nosso planeta de outra forma poderia suportar. Mas a produção de amoníaco também tem um custo ambiental elevado, uma vez que é responsável por 2% do consumo mundial de energia e, portanto, uma pegada enorme no ambiente e um consequente aumento do efeito estufa. No entanto, os químicos norte-americanos relatam que encontraram uma maneira de sintetizar amoníaco a partir do ar, água e luz solar. Se tal facto vier a comprovar-se possível, poderá oferecer um meio para fazer um bem essencial, sem um custo significativo para o clima. Link da notícia, http://news.sciencemag.org/chemistry/2014/08/new-recipe-produces-ammonia-air-water-and-sunlight