Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Selecção r e k

Selecção r e k

Fertilidade solo e propensão a doença

A absorção de nutrientes é condicionada por factores da fertilidade do solo de vária ordem, nomeadamente, pelo arejamento do solo, teor de água, equilíbrio entre nutrientes na rizosfera, pH, salinidade, presença de organismos úteis.

A falta de arejamento do solo tem um efeito negativo no desenvolvimento da planta, porque vai afetar a respiração da raiz, fonte de energia para a absorção de nutrientes e de água. 

A acidez ou alcalinidade do solo criam condições desfavoráveis à absorção de nutrientes e no caso da acidez, induzem a fitotoxicidade por elementos tais como o alumínio. 

A salinidade do solo vai afectar directamente e de forma negativa a absorção de água e indirectamente a absorção de nutrientes.

Relativamente ao equilíbrio entre nutrientes, tanto a falta dos elementos como o seu excesso vão induzir perturbações nos processos fisiológicos da planta, que se reflectem negativamente no seu desenvolvimento e na resistência à invasão de determinado parasita (bactérias, fungos, nematodes).

 

 

 

 

África tem potencial para alimentar o mundo inteiro

Bom hoje li uma notícia no DN, que me deixou no mínimo perplexo e pensativo, na 4.ª edição da conferência Diálogos Atlânticos em Marraquexe, quatro analistas internacionais, num debate subordinado ao tema "Realizar uma revolução verde em África", um dos anfitriões afirmou que "África tem potencial para se alimentar não só a si mesma, mas também para alimentar todo o mundo", bem isso até pode corresponder à uma possível e optimista opinião, mas creio que ainda à muito a fazer, até que lá cheguemos, e a começar pelas politicas agronómicas e ambientais adoptadas pelos governos de cada estado africano, e que a meu ver são no mínimo desastrosas. 

 

A outra referência feita foi a de que  "agora, já não há fome no Brasil", bom a situação até pode ter melhorado, com o investimento feito na agricultura brasileira e hoje em dia têm muitos bons exemplos de sucesso,  mas daí até afirmar que já não há fome...

 

Em ambos os casos o potencial de melhoria é enorme, mas de resto e pelo que me foi dado a ler na notícia, ambas as afirmações são neste momento utópicas e inverosímeis.

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930