Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Selecção r e k

Selecção r e k

O futuro da alimentação humana (2050)

Em 2050 vamos, seguramente, ter muitas mais bocas para dar de comer, muito maior pressão sobre a emissão de gases a efeito de estufa, sobre o uso eficiente da água e sobre o preço dos terrenos agrícolas.Os engenheiros da empresa Solagro trabalharam durante dois anos com um conjunto de cientistas, para desenvolver uma previsão do que será a agricultura francesa nos próximos 35 anos.

O projecto, denominado Afterres 2050, foi apresentado em Paris nos dias 15 e 16 de Outubro. Uma das conclusões deste estudo aponta para uma redução draconiana do efectivo bovino, mas não forçosamente o número de produtores, pois prevê-se o regresso à alimentação através de pastagens, com menos animais por produtor. A produtividade das vacas leiteiras também vai ter uma redução significativa, com o retorno à erva.

Ao nível das culturas, vamos assistir a uma muito maior rotatividade, com redução de produtos fitossanitários.Os sistemas de produção integrada e bio vão absorver a grande fatia da agricultura francesa em 2050.O valor global da actividade agrícola vai diminuir ligeiramente, mas a diminuição do uso de produtos químicos vai trazer uma maior rentabilidade ao sector.

Este estudo mostra que serão perdidos cerca de 50.000 postos de trabalho, no entanto, o sector agro-alimentar deve vir a perder 78.000 postos de trabalho.A despesa das famílias com a alimentação deve diminuir, com as proteínas vegetais a custarem menos que as proteínas animais.

Dezanove países querem proibir as sementeiras OGM´s

Dezanove países europeus notificaram a Comissão Europeia com a sua intenção de proibir a utilização de sementes OGM’s para cultivo.Alguns dos países que querem proibir as sementeiras OGM’s são a Letónia, a Eslovénia, a Grécia, a Hungria, a França, a Holanda, a Polónia, a Bélgica (na Valónia), o Reino Unido (Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte), a Croácia, a Bulgária, a Alemanha, a Dinamarca, Chipre e o Luxemburgo. Portugal continua a ser um país onde é autorizada a sementeira das variedades OGM’s aprovadas e a virem a ser aprovadas por Bruxelas, como é o caso da sementeira de milho da Monsanto, cultivada em Portugal e Espanha.

 

.

Fukushima

A proporção que teve o desastre nuclear de Fukushima é imensa, mas é engraçado ver, que logo à uma tentativa por parte da mãe natureza, em restabelecer a ordem e o equilíbrio entre os ecossistemas que foram afectados pela interferência antrópica. 

Aqui têm algumas fotos, tiradas em Setembro pelo fotógrafo polaco Arkadiusz Podniesinski, que viajou até ao local onde ocorreu o desastre nuclear para ver, com os seus próprios olhos, o que resta desta região japonesa.

 

fukushima_a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Temperatura global poderá aumentar entre oito a dez graus

Com base em simulações climáticas, o estudo publicado na revista “Nature” revela que, no final deste século, os aquecimentos atmosféricos e oceânicos poderão provocar a perda de 80 a 85% da capa de gelo da Antártida, o que se traduzirá num aumento do nível do mar. O degelo da Antártida provocado pelas alterações climáticas poderá elevar o nível do mar até três metros no ano de 2300, e a temperatura global poderá aumentar entre oito a dez graus nos próximos três séculos. 

 

Calonectros diomedea borealis

Desde 1995 que é assim e muitos já sabem o que fazer. De 15 de Outubro a 15 de Novembro, as ilhas açorianas estão envolvidas na missão de resgatar os cagarros juvenis que tentam voar pela primeira vez. Ambientalistas, forças policiais, entidades regionais e cidadãos já estão preparados para a campanha SOS Cagarro.

O cagarro é uma ave marinha que mede 50 centímetros de comprimento, em média, e tem uma envergadura de asa de um metro e 25 centímetros. Nidifica nas ilhas Berlengas, Açores, Madeira e nas Canárias, em ninhos feitos em cavidades naturais e fendas nas rochas. Nos Açores, estima-se que nidifiquem 75% da população mundial de Calonectros diomedea borealis.

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031