Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Selecção r e k

Selecção r e k

Há ouro branco em Portugal: um quilo de pinhão custa 120 euros

Apanha deve chegar aos 20 milhões de quilos de pinhas. Portugal fica com 6% da produção. Espanha é o principal comprador. O pinheiro que Marco Carvalho acaba de trepar pelas escadas de gancho já conheceu dias melhores. "Deve ter aí umas cem pinhas, que dão 20 quilos de pinhão", grita lá de cima, lançando a estimativa à boleia da experiência de 20 anos. Nada que se compare com 2010. "Havia árvores carregadas com mil pinhas. Hoje demoramos uma média de 30 minutos a limpar um pinheiro, mas dantes era preciso duas horas a dar--lhe bem", relata. A abrupta quebra será resultado da conjugação de pragas - em que desponta um inseto sugador -, dos ciclos de produção e do clima adverso. É por tudo isto que quem quer pinhões à mesa tem de abrir os cordões à bolsa, podendo encontrar o quilo deste fruto seco a uns pouco convidativos 120 euros. Não admira que comece a ganhar o epíteto de ouro branco.

Link, DN

Há ouro branco em Portugal: um quilo de pinhão custa 120 euros

Especies em vias extinção - Limonium multiflorum

A presença do chorão (Carpobrotus edulis), uma espécie originária da África do Sul, suculenta e de crescimento rasteiro, impede a presença de endemismos tipicamente costeiros. É necessario aplicar medidas urgentes e rectificar determinadas medidas de actuação. A presença desta ameça faz-se sentir não só em Cascais, mas um pouco por todo o nosso litoral e no caso concreto dos Açores é uma séria ameaça.

 

Alfazema-do-mar está em risco de extinção no Cabo Raso. Espécie de planta perene é considerada pelos biólogos uma “raridade clássica”, por ter uma distribuição reduzida, estar especializada num habitat e a sua população ser pequena.

 

Link da noticia, Público

 

 

Cidade no fundo do mar!

Bem... parece que o futuro chegou...

Uma empresa de engenharia japonesa está a apostar nas profundezas do oceano para garantir um futuro verdadeiramente sustentável à vida humana. Por isso, divulgou um projeto ambicioso de uma cidade debaixo de água.

O plano da Shimizu Corporation é de uma cidade dentro de um globo flutuante de 500 metros de diâmetro onde existiriam hotéis, espaços residenciais e complexos comerciais.

Sob o globo, uma estrutura espiral localizada a 3 km ou 4 km abaixo da superfície estender-se-ia por 15 km até ao fundo do mar.

O conceito apresentado pela empresa procura tirar vantagem das possibilidades ilimitadas do fundo do mar, ligando juntos verticalmente o ar, a superfície do mar, o mar profundo, e o fundo do mar.

No fundo do mar, uma «fábrica de terra» iria produzir metano a partir de dióxido de carbono utilizando micro-organismos. Também é possível extrair minerais de terras raras e metais.

«Agora é a hora de criar uma nova interface com o mar profundo, fronteira final da Terra: romper com os padrões anteriores de desenvolvimento da terra e optar por um plano que se destina a promover uma verdadeira sustentabilidade, maximizando o uso dos recursos das profundezas do mar», diz a empresa.

A Shimizu está a trabalhar no projeto com a Agência Japonesa de Ciência Terrestre e Marítima e com a Universidade de Tecnologia de Tóquio, e acredita que levará cinco anos para construir a primeira unidade da cidade subaquática, a um custo de 3 biliões de ienes.

 

Empresa japonesa desenvolve cidade sustentável no fundo do mar

Pesadelo ambiental trava o automóvel sonhado por milhões de chineses

Milhões de chineses já compraram o seu primeiro automóvel e milhões de outros gostariam de fazer o mesmo, mas muitos deles terão de esperar meses ou anos para poderem concretizar esse sonho.

Devido ao aumento da poluição e do congestionamento do trânsito, Pequim, Xangai e seis outras grandes cidades decidiram limitar a venda de automóveis. A última a adotar essa medida foi Shenzhen, uma próspera Zona Económica Especial, adjacente a Hong Kong.

A partir da próxima segunda-feira, o município de Shenzhen concederá apenas 100.000 matrículas por ano: a maioria (60.000) será atribuída por lotaria e as restantes leiloadas.

 

Pesadelo ambiental trava o automóvel sonhado por milhões de chineses

Pág. 6/6

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031