Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Selecção r e k

Selecção r e k

Teoria da selecção r e k

Cada espécie é bem sucedida em um ambiente particular, tem um determinado número de adaptações que permite-lhe manter uma população ao longo do tempo. Estas adaptações podem ser vistos como um ciclo de vida, assegurando a continuação de uma população viável. Em geral, as espécies podem adoptar dois tipos de estratégias, que nos ajudam a entender como certas populações específicas
são capazes de crescer e colonizar novas áreas, da mesma forma que explicam o papel ecológico de cada espécie em um agroecossistema, o que é importante na gestão  das diversas culturas, bem como no controlo das ervas daninhas.
 

Teoria da selecção r e k

As plantas têm uma quantidade limitada de energia que utilizam na sua manutenção, no crescimento e na reprodução. Ao dedicar mais energia para a reprodução, reduz a quantidade de energia disponível para o crescimento e vice-versa. Os ecologistas, desenvolveram assim, um sistema de classificação que define dois tipos básicos de estratégias de vida, a selecção r e a selecção de k.

Em ambientes hostis, a mortalidade é determinada principalmente por factores ambientais, limitando a sua dispersão e não tanto pela densidade da população, sendo que a selecção natural favorece genótipos com um valor intrínseco de alto crescimento. As populações de espécies que utilizam mais energia para reprodução e menos para o crescimento e manutenção, são organismos que seguem uma estratégia r, o crescimento destas populações esta mais limitado por factores físicos do que por factores bióticos.

As espécies que vivem em ambientes estáveis e previsíveis onde a mortalidade é a dependente da sua densidade, a selecção natural favorece genótipos com capacidade de tolerância de forma a  evitar a interferência, estes organismos investem mais recursos no crescimento vegetativo, adoptando assim a estratégia k, o tamanho da sua população é controlada principalmente por factores bióticos.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031